Enfim, inaugurado nosso cantinho em GRU!

Depois de quase 4 meses sem postar nada por falta de tempo, eu voltei. E pra ficar, viu?

Imagem: Divulgação/GRUAirport (retirada de G1)

Fomos ouvidos. Enfim! E conquistamos nosso espaço.
Hoje, 03/09 (aniversário do Amante do Ar!), às 14h, foi inaugurado no Edifício Garagem do GRUAirport, o novo spotting location do Aeroporto de Guarulhos. O local fica a 800m da pista de pouso e está no 7º andar. (Juro que vou correr atrás de mais detalhes!)
Além disso, uma nova área de alimentação será inaugurada em breve no Terminal 2 do GRUAirport. A área trará redes conhecidos como Starbucks (yay!), Vivenda do Camarão, um McDonald’s maior, Rei do Mate, dentre outros. A área terá também assentos com tomadas, sanitários e uma nova Livraria Saraiva.

Anúncios

Boeing 747-8 pousa pela primeira vez no Brasil, em VCP

Cumprindo o voo GTI43 procedente de Miami, o Boeing 747-8F da Atlas Air de prefixo N854GT pousou, através da pista 15, no Aeroporto Internacional de Viracopos nesta terça-feira (28). Esta é a primeira vez que este modelo de aeronave, que consta dentre os maiores do mundo, pousa no Brasil. Segundo informações do site AeroIN e Hotran, este seria um pouso técnico, sendo a rota original Miami – Quito; logo, não havendo a necessidade de pouso aqui. O que dá a entender que esse possa ser um pouso para homologação da aeronave aqui no Brasil, como citam fontes em outros sites. Vamos aguardar os próximos capítulos.
Clique AQUI para assistir a reportagem.

Clipping nº2: um resumo com as principais notícias dos últimos dias

Qantas no GIG - foto por Fabio Laranjeira

Qantas no GIG – Copyright Fabio Laranjeira

  • O Rio de Janeiro continua lindo…e bombando para os spotters.Recentemente, o Galeão tem recebido alguns tráfegos aéreos bem incomuns, como o Boeing 747 da Qantas (foto acima clicada por Fabio Laranjeira) e o A330 da Edelweiss. O próximo será o Il-76 da Aviacon Zitotrans, em um fretamento de carga. Pousará no GIG no dia 31 de maio, às 13h, e decolará no dia 1º de junho, às 7h30.
  • Spotting em GRU
    Recentemente, alguns spotters tiveram problemas com funcionários contratados da GRU Airport. Na cabeceira 09 e nas bat-cavernas, ao sermos abordados, nos indagavam se havíamos autorização por escrito para fotografar, e, em casos mais extremos, ameaçavam chamar seguranças e até a Polícia Federal.
    Felizmente, o diretor do AeroIN e spotter Luís Alberto Neves conversou com a administração do aeroporto e esclareceu a situação. Essas situações ocorriam por conta da pouca experiência dos contratados em aeroportos e a pouca familiaridade com os spotters. Por fim, não há restrições quanto à fotografar nos mezaninos (bat-cavernas) ou nas cabeceiras (neste caso, a única restrição é estacionar carro nas cabeceiras).
    Quando ocorrer de algum funcionário ou segurança indagá-lo sobre, recomendo manter a calma, ser educado e explicar que está ali apenas por hobby.
  • Colt Aviation investindo na área cargueira

    Denominada Colt Cargo, terá sua frota composta por 737-400F ex-Royal Air Maroc, e pretende iniciar as operações no segundo semestre deste ano, voando inicialmente para Porto Alegre (POA), Guarulhos (GRU), Salvador (SSA),  Recife (REC), Fortaleza (FOR), Belém (BEL), Manaus (MAO), Brasília (BSB) e Porto Velho (PVH).
  • Nova special livery (para nossa alegria!)
    A Azul deu mais cor à um de seus Embraer. O E195 de prefixo PR-AYE, batizado de “Azul da Cor do Mar” e que anteriormente ostentou as cores Nestlé Chocolover, está colorido com o novo filme da Fox: Reino Escondido.
  • Ressurreição da Pluna? (esperamos que dessa vez, sim)
    Alas-U é o nome da nova companhia uruguaia proveniente da massa falida da Pluna, criada por ex-funcionários da antiga companhia. Segundo eles, a intenção é que a nova empresa comece a voar no último trimestre deste ano, utilizando as aeronaves CRJ-900 da Pluna.

Justiça aprova plano de recuperação da Passaredo

passaredo

A Passaredo conseguiu ontem (03/05) a aprovação de 88% dos seus credores para o seu plano de recuperação judicial. A companhia renegociou o pagamento de uma dívida estimada em R$ 150 milhões em 15 anos. Com isso, a empresa ganha fôlego financeiro para sustentar e expandir sua operação.
Com a decisão, a empresa conseguirá retomar investimentos e focar na retomada dos negócios.
Em nota, a Passaredo alegou que a solicitação se deve aos problemas financeiros enfrentados – a dívida está estimada em R$ 100 milhões – devido ao ‘alto preço do combustível, ao atendimento das demandas regionais utilizando jatos e, inclusive, uma concorrência específica, momentânea e predatória vivida em sua base principal, Ribeirão Preto’.
Segundo a assessoria de imprensa, mesmo diante da crise, os serviços serão mantidos e não haverá prejuízo aos usuários.

A Passaredo é a única companhia aérea brasileira que estabelece a continuidade nos negócios em um processo de recuperação judicial desde que a nova lei entrou em vigor, em 2005.

Acabou! Ethiopian põe fim à era dos 787 em solo

Após três meses de proibição, o Boeing 787 Dreamliner voltou aos céus, nas cores da Ethiopian Airlines. Hoje (27/04), a aeronave de prefixo ET-AOP cumpriu o voo ET801, de Addis Ababa (ADD) a Nairóbi (NBO), tornando a Ethiopian a primeira companhia aérea do mundo a retomar os voos.
A Agência Federal de Aviação dos Estados Unidos (FAA, na sigla em inglês) acabou na quinta-feira com a proibição de voo para as aeronaves, que estava em vigor desde 16 de janeiro por dois graves casos de aquecimento do sistema de baterias de lítio. E, recentemente, as autoridades americanas aprovaram um novo projeto para a bateria na semana passada, abrindo caminho para a instalação e retomada dos voos com o Dreamliner por todas as companhias aéreas do mundo.

O voo lotado chegou ao aeroporto internacional Jomo Kenyatta International, em Nairóbi, pela manhã e os passageiros deram uma salva de palmas para a tripulação depois que o avião aterrissou.